Não acredito que escrevi isto

Estou num daqueles momentos das férias em que eu poderia estar fazendo muita coisa, mas estou usando a internet e tomando sorvete. O que me impede de levantar dessa cadeira e agir? Por que procrastino tanto? Que vontade de me defenestrar!

Tenho tantos planos que provavelmente nunca realizarei por causa desse infeliz costume de não fazer nada quando chega a hora da ação. A tela do PC parece muito mais interessante do que qualquer outra coisa. Por que tanta preguiça?

Nesses devaneios, decidi escrever um texto para o blog. Nem terminei e já sinto pena dos seres que o lerão. Vítimas.

Para melhorar a situação, alguém acabou de passar tocando um tal de “tchu” em seu carro. Eu poderia ter passado a minha vida inteira sem ouvir essa música infeliz. Sério. Não é algo que eu aprecie.

Acho que eu deveria simplesmente postar isso para ocupar espaço e tomar uma atitude. No sentido figurado, claro. Não conheço nenhuma bebida que se chame “atitude”. Talvez eu devesse criá-la e ganhar alguns milhões de reais com isso. Simples assim.

Enfim, devo dizer adeus. Adeus!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s