Tudo é essa indeterminação

abst

É, os sentimentos sentidos pelos humanos são estranhos. Amamos, até quem nos faz mal, até o que não é bom, até o que não nos é comum. Odiamos, quem não nos faz mal, o que não tem sentido para nós, o que é igual demais. Desejamos, quem não nos deseja, o que não é necessário, o que parece ser algo. Falamos, de qualquer um, até quem não conhecemos, o que não queremos, o que não é “falável”. Somos estranhos, somos indeterminados, somos confusos, somos impossíveis, somos inexpressíveis, somos indescritíveis, somos todos assim. Por isso não podemos nos julgar, achar que o que é diferente não é bom, porque somos todos imperfeitos. Ninguém pode dizer que alguém é ruim ou bom, isso é variável, não determinado, não existe. Aceite os outros, e principalmente, aceite a si mesmo, porque assim como você pode parecer anormal, todos os outros também parecem.

Anúncios

Um comentário sobre “Tudo é essa indeterminação

  1. Pingback: Tudo é essa indeterminação | Books and Tea

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s