Separados pelo espaço e tempo

Foto de Paulo Otávio Diniz Rodriguez

Foto de Paulo Otávio Diniz Rodriguez

Algumas pessoas a gente nunca esquece.

Sigo em frente com minha fria rotina, mas não consigo evitar pequenos detalhes que me fazem lembrar daqueles momentos tão especiais. Na época, considerava mais um dia vivido. Agora, no mundo das lembranças, algo cheio de sentido.

Todas as risadas, piadas, besteiras e dramas alimentados pela intensidade de uma fase formam essa nuvem de nostalgia. O que um dia era motivo de grande ansiedade, torna-se apenas uma memória antiga.

A saudade chega, mas eu entendo que tudo deve permanecer onde está. Cada um encontrando o seu lugar. Uma corrida rumo a assuntos que podemos um dia ter até discutido sobre. A realidade chegou e temos que correr. Mesmo que isso signifique um “pra sempre” sem te ver.

A prova de que a amizade é verdadeira está no meu sorriso quando vejo que algo deu certo para você. Alegro-me com cada vitória sua, apesar de não estar presente quando elas vêm a acontecer.

Desejo que você viva plenamente, desfrute de toda alegria eterna.

(Uma homenagem a todos os amigos que passaram pela minha vida)

Quer acompanhar o blog? Facebook/Twitter

Anúncios

4 comentários sobre “Separados pelo espaço e tempo

  1. oi amiga, que texto liiindo, amigo é algo valioso, poucos sao os verdadeiros mas esse sao eternos <3
    amiga me visite tambem:
    gilvaniaevans.com

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s